Via Claudia Augusta

A travessia incrível da Via Claudia Augusta

Via Claudia Augusta

-

Com aproximadamente 700 quilômetros de extensão, o roteiro da Via Cláudia Augusta, conta com uma variedade incrível de paisagens, sabores e sensações, que fazem com que esse roteiro seja uma experiência incrível.

Nós da Polibikers selecionamos 300 Km com os melhores trechos desta rota. A cicloviagem tem início na cidade de Füssen, na Alemanha, e termina chegando no Lago de Garda, na Itália. A Via Cláudia Augusta, também é conhecida por ser o caminho mais fácil para a travessia dos alpes.




Tudo começou em 15aC, quando general romano Drusus, filho adotivo de Augusto, decidiu abrir uma passagem entre os alpes para as incursões militares e transporte de mercadorias do centro do império para as províncias germânicas do Norte, através dos alpes, ligando o mar Adriático e o rio Pó ao rio Danúbio. A tarefa imensa de construir a estrada foi concluída 60 anos depois, pelo filho de Drusus, Imperador Claudio (41-54dC).

Depois de 2 mil anos de história com o fim dos conflitos e agora com a Europa unida, a Via Claudia Augusta tornou-se uma ponte, juntando e misturando culturas, lugares e emoções. É um percurso simbólico que se estende por três nações cada uma com suas próprias paisagens, tradições, tesouros artísticos e especialidades culinárias, marcada por um turismo acessível, jovem e ecologicamente sustentável.

Chegada individual em Füssen, partindo normalmente da estação central de Munique.

Chegando em Füssen, deixaremos as bagagens no hotel e iremos ao Castelo Nauschwanstein, construído pelo rei Ludwig II. Füssen é mais que apenas uma estação na Rota Romântica do sul da Alemanha. Além do palácio que inspirou o castelo da Cinderela dos desenhos da Disney, Füssen é rica em história e artesanato.

Após poucos quilômetros iremos cruzar a fronteira com a Áustria. A primeira cidade que iremos encontrar é Reutte, que marca a entrada dos Alpes, onde passaremos sob um portal e em seu alto, ruínas de um antigo forte (Fort Ehrenbergque) que guardava sua passagem. Nosso destino Ehrwald está aos pés do Zugspitze, o cume desta montanha faz a divisa da Áustria e Alemanha e é considerada a montanha mais alta da Alemanha.

Saindo de Ehrwald, após alguns lindos riachos e lagos, encontraremos nossa primeira barreira física, que é o Fernpass, trecho de pedrisco que deverá ser percorrido em um ritmo lento, pois em seguida, sairemos por vales de florestas em um passeio de encher os olhos e pulmões. Encontraremos o belíssimo Rio Inn, o principal afluente do Rio Danubio, onde seguiremos até a cidade de Zams.

Saindo de Zams, ainda no vale do Rio Inn, iremos por vales mais estreitos em direção a Martina na Suiça, onde passaremos por Finstermünz, um Tribunal Medieval na divisa entre Suiça e Áustria.

Após Martina, retornaremos a Áustria e encontraremos outra barreira natural o Reschenpass, subida em asfalto por 6km chegando assim a Nauders.

Saindo de Nauders logo entramos na Itália, neste dia teremos de acalmar o entusiasmo para não deixar de perceber o caminho, pois teremos um longo trecho em descida. Passaremos pelo lago de Resia, onde somente a cúpula da igreja pode ser observada, no passado com a construção da represa a cidade foi totalmente inundada, restando somente a cúpula da igreja acima do nível da água. Encontrando o vale do Rio Adge, e sempre em meio as macieiras e parreirais. chegaremos ao nosso destino Merano.

Saindo de Merano, pegaremos um trem para percorrer um pequeno trecho até Bolzano. Sairemos do vale em direção a cidade de Caldaro, conhecida como Rota do Vinho do Tirol. Uma breve visita a cidade de Caldaro, em meio aos parreirais, desceremos até o Lago de Caldaro e voltaremos ao vale do Rio Adge, em seguida uma linda ciclovia nos leverá até Trento.

Para alguns o último dia é inda mais belo, iniciaremos nosso percurso pelas Dolomitas de Brenta, passando por lindos lagos, floresta e um visual maravilhoso até nosso destino final em Riva del Garda.

Nosso café da manhã de confraternização e despedida.

Chegando por Munique

O melhor ponto de chegada para este roteiro é por Munique. É considerada por muitos como a cidade mais bonita da Alemanha, e depois de conhecê-la melhor, é difícil discordar. Sua silhueta, onde se destacam as torres gêmeas com abóbadas esverdeadas da igreja Frauenkirche e a torre pontiaguda da Neues Rathaus, parece afirmar, orgulhosa, que nenhuma outra cidade alemã poderia levar este título. Munique é uma mistura de arte, cultura e alegria de viver. Lembrada sempre como capital da cerveja, coração da Bavária, e associada à Oktoberfest, Ludwig e seus castelos, e ainda saborosas wurst de todos os tipos, parques e festivais, Munique é um daqueles raros locais onde o ritmo de cidade grande convive em harmonia com belas e gostosas tradições.

Quem tiver um pouco mais de tempo, partindo de Munique de trem, você pode encontrar várias cidades maravilhosas como: Salzburgo, Augsburgo entre outras. Também para aqueles que gostam de história, poderá visitar o Campo de Concentração de Dachau, não é um passeio alegre, mas de uma importância histórica imensa, mostrando os limites do ser humano.

Partindo de Munique de trem, iremos à Füssen, onde iniciaremos nosso roteiro.

Quantos euros levar por dia no passeio

Durante o passeio, teremos custos baixos, aproximadamente 40 euros por dia. (bebidas no jantar e alimentação durante o percurso)

No final de nosso roteiro, no Lago de Garda, ponto de veraneio dos italianos, estaremos em Riva del Garda. De lá podemos pegar um barco que percorrerá todo o lago e nos deixara em Sirmione, bem próximo temos estações de trem de Pesquiera ou Desenzano, que se pode pegar um trem para Verona (20min), Milão (90 min) e Veneza (90min).

Tamanho das malas

Atenção para o tamanho das malas. Iremos limitar o volume de bagagem em 70 litros, mas não esqueça que antes e depois, cada indivíduo terá que carregar sua própria bagagem. Tente economizar ao máximo.

O que eu preciso levar?

Para podermos realizar o nosso passeio, nós disponibilizamos as bikes e os capacetes.

Levem também suas luvas, bandanas e óculos.

Roupas para o roteiro: Como todos estão percebendo, o tempo está imprevisível em todo o planeta, portanto vamos levar também roupas para temperaturas mais baixas. (máximo: segunda pele + camisa + fleece + capa ou corta vento).

Valores:

  • 2.000 Euros por pessoa em quarto duplo.
  • 2.500 Euros por pessoa em quarto individual.

Forma de Pagamento:

  • 10% na Confirmação.
  • 25% até o dia 01/06/2019
  • 25% até o dia 01/08/2019
  • 40% em Füssen (10/09/2019) em Euros.

Para depósitos em Reais, considerar o Euro Turismo.
Após a inscrição realizada, o participante que cancelar sua reserva não terá direito a devolução.
A organização considerará a possibilidade de devolução no caso da vaga ser preenchida por outra pessoa.

Serviços Inclusos:

  • Hospedagem em Hotéis 3-4 Estrelas.
  • Café da Manhã.
  • Jantar (exceto bebidas).
  • Transporte de Bagagem de hotel a hotel.
  • Bicicleta com pedal plataforma e capacete.
  • Guia Brasileiro.

Serviços Não Inclusos:

  • Passagem Aérea.
  • Translados até o Füssen e de Riva del Garda até seu destino final.
  • Seguro Viagem.
  • Inicio: 10/09/2019
  • Fim: 17/09/2019